Atravessando a Barreira

16/07/2018

"curvando-se para o carrinho ele desatou a correr – a barreira estava cada vez mais próxima – não poderia parar – o carrinho estava descontrolado – ele estava a um passo de distância – fechou os olhos se preparando para a colisão...” – Harry Potter e a Pedra Filosofal

Você já teve que fazer uma ação e ficou com medo do “depois”? Em 2015 tive de tomar uma importante decisão, sair ou não da companhia de teatro onde trabalhava para buscar novas oportunidades. Assim tive de enfrentar a barreira da minha Zona de Conforto.

A BARREIRA
A Zona de Conforto é formada por comportamentos e atitudes que assumimos por costume. Ficar nela significa estar acomodado à uma rotina e nos conformar com as situações como elas estão. O que você acostumou a aceitar em sua vida? Com o que você está conformado?

PAREDE DE TIJOLOS
A fronteira da zona de conforto é igual a barreira da plataforma 9 3/4. Ela é aparentemente sólida e nos dá muito medo de avançar contra ela, de se chocar com ela. Mas por que existe esse medo?

PANCADA
Harry se preparava para sair de um mundo conhecido e entrar em outro completamente novo, sem saber o que iria encontrar, os desafios que teria, se estaria só, etc. Ao pensar em abandonar meu emprego, eu não tinha noção de como seria fora da zona de conforto. Tive medo de passar vergonha, de fracassar. 

FECHAR OS OLHOS
Harry mesmo com medo continuou, fechou os olhos esperando a pancada e foi! O medo de fracassar nos faz ficar na nossa zona de conforto, por mais desagradável que ela seja. Comece a avançar encontro a ela. E se der medo? Feche os olhos, não pare e vá com medo mesmo!

Permanecer na zona de conforto muitas vezes nos faz perder um mundo de magia por simplesmente não atravessarmos a barreira. Lembre-se, toda magia que você deseja alcançar está fora da sua zona de conforto.

Edu Parmeggiani

PS.: Me conte nos comentários quais são as suas zonas de conforto, qual você está enfrentando e quais já venceu? Vamos inspirar uns aos outros!